CAE autoriza empréstimo de US$ 100 milhões para segurança hídrica do Piauí

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (7) mensagem que autoriza o Piauí a realizar um empréstimo externo no valor de US$ 100 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos são destinados ao financiamento parcial do Projeto Integrado de Segurança Hídrica, Sustentabilidade Ambiental e Desenvolvimento Socioprodutivo da Bacia dos rios Piauí e Canindé.

A MSF 67/2023, da Presidência da República, recebeu relatório favorável do senador Fernando Dueire (MDB-PE). A matéria passa tramitar na forma de um projeto de resolução do Senado e segue para o Plenário em regime de urgência.

A operação com o BID deve financiar programa em prol da melhoria da renda, da segurança alimentar e nutricional, do acesso a serviços básicos e da adaptação às mudanças climáticas da população rural no estado. Previsto para ser concluído em 2047, o empréstimo tem prazo de amortização de 16 anos e seis meses após o período de carência, que pode chegar a sete anos. O valor da contrapartida é de US$ 25 milhões.

Outra mensagem enviada ao Senado (MSF 66/2023) pede autorização de empréstimo no valor de US$ 18 milhões junto ao Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura (Fida) para financiar o mesmo projeto. O senador Marcelo Castro (MDB-PI) defendeu a aprovação das duas matérias.

— Esses recursos são muito importantes para o Piauí, que tem um clima de transição. Vai do semiárido ao cerrado. Esses recursos vão ser aplicados nos municípios do semiárido piauiense, que sofre todos os anos, como está sofrendo agora, com a questão da seca — disse.

Agência Senado

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Comissão debate regras para venda de mercadorias estrangeiras na internet – Notícias

Next Post

Comissão aprova marco regulatório da arborização urbana

Related Posts