Projeto acaba com destinação de prestação pecuniária a entidades públicas na esfera penal – Notícias

29/02/2024 – 15:40  

Renato Araujo/Câmara dos Deputados

Kim Kataguiri quer evitar que pagamento financie militância política

O Projeto de Lei 3779/23 acaba com a possibilidade do investigado em ação penal destinar prestação pecuniária a entidades públicas ou de interesse social. A proposta, em análise na Câmara dos Deputados, altera o Código de Processo Penal e a Lei dos Juizados Especiais.

A prestação pecuniária consiste no pagamento em dinheiro à vítima ou à entidade indicada pelo juiz. O valor varia entre um e 360 salários mínimos e é pago em acordo para evitar uma condenação maior.

O projeto será analisado em caráter conclusivo na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Desvio de finalidade
O deputado Kim Kataguiri (União-SP), autor da proposta, afirma que objetivo é impedir que os valores pagos a entidades acabem financiando ações político-ideológicas, afastando-se do real sentido da indenização.

“Não raro, o papel filantrópico é colocado de lado, e a militância política ideológica se sobressai com o uso de recursos públicos que vêm não apenas do governo, mas também de indenizações dentro do sistema de justiça penal”, disse Kataguiri.

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Rodrigo Bittar

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Projeto torna obrigatória a oferta da disciplina de artes no currículo da educação básica – Notícias

Next Post

Projeto prevê punição mais rigorosa para importunação sexual – Notícias

Related Posts