Projeto regulamenta destinação de recursos públicos para festas juninas

29/09/2023 – 16:30  

Wesley Amaral/Câmara dos Deputados

Rodolfo: objetivo não é dar exclusividade ao forró, mas sim evitar que ele seja excluído das festas

O Projeto de Lei 3083/23 regulamenta a destinação de recursos públicos para as festas juninas em todo o território nacional. O texto determina que, no mínimo, 80% dos recursos destinados à contratação de artistas e conjuntos musicais sejam usados para financiar apresentações de forró. Pela proposta, os 20% restantes serão destinados a atrações de qualquer gênero musical, com o intuito de promover a diversidade cultural e artística das festividades do São João.

De acordo com o projeto, os recursos públicos não destinados à contratação de artistas deverão ser utilizados para financiar despesas relacionadas à infraestrutura dos eventos, organização de concursos de quadrilhas, divulgação, capacitação de profissionais e demais ações.

O autor do projeto, deputado Fernando Rodolfo (PL-PE), afirmou que, muitas vezes, as festas do São João não recebem o devido apoio e investimento, ou, quando recebem, não o aplicam em alinhamento à cultura local, o que pode comprometer a qualidade e diversidade das atrações artísticas.

“A ideia do projeto não é criar uma barreira exclusiva, mas justamente o contrário, pois, nos tempos modernos, vê-se uma ‘carnavalização’ das festas juninas. Nesse sentido, o objetivo principal da proposta é não permitir a exclusão do forró – em especial por, historicamente, ser este o ritmo musical que mais identifica os festejos de São João”, disse.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Cultura; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Ana Chalub

Fonte

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Comissão aprova criação de serviço de policiamento especializado em enfrentar violência doméstica

Next Post

Comissão debate piso salarial para profissionais dos quadros técnico e administrativo da educação básica

Related Posts